Receita Acolhedora – Biscoitos Caseiros

Era segunda-feira de uma semana com feriado prolongado na quinta. Mesmo já sabendo o dia e a hora que chegaríamos, ela ligou para confirmar. Gostava de deixar a casa limpinha, colocar roupas de camas cheirosas e encher os potes de biscoitos caseiros. Para ela, ver os potes vazios era praticamente uma vergonha: “E se alguém chegar para tomar café? Vou oferecer pão ou biscoito de pacote? Não tem nada para comer nessa casa!” – era o que ela dizia para ela mesma andando de um lado para o outro da casa enquanto fazia uma coisa aqui, outra ali (porque como ela também gostava de dizer: serviço de casa nunca acaba!). Quando chegamos na quinta, da garagem já era possível ouvir a música em um volume bem alto. Ela gostava de trabalhar ouvindo música (e alta!). Da varanda era possível sentir o cheiro do amoníaco (como era forte). Ao abrir a porta da sala, dava para sentir o calor acumulado de um dia todo assando biscoitos, rosquinhas, tarecos. A mesa não estava montada com forro ou louças bonitas. A mesa estava repleta de tabuleiros com novas fornadas. Mas o café fresquinho estava pronto. Depois de um abraço bem forte e bem demorado como só ela sabia dar, ela dizia: “Está com fome? Fiz café e tem biscoito quentinho!”. Não tinha forma melhor de ser recebida em casa para um feriado que com certeza passaria voando. Mas tudo bem! Ela ia preparar os potes de biscoitos para levarmos para a república e lembrarmos do seu carinho, cuidado e amor cada vez que pegássemos um biscoitinho daquele! <3

É esse cenário que me vem a mente cada vez que como um biscoito caseiro. Se eu fechar os olhos, consigo sentir até o cheiro da casa nos dias do seu preparo! ….  Para fazer os biscoitos da foto, não usei uma receita da minha mãe. A dela eu ainda não consegui acertar (rs!). É uma receita que a minha madrinha usou para me receber em sua casa no final do ano passado. Veja só: ela decidiu me receber com biscoitos que lembrariam a minha mãe <3 E aí eu senti carinho e cuidado duas vezes: vindo das duas! Comida é memória, carinho, cuidado, afeto ….

Trouxe esse “causo” para você refletir: qual o tipo de relação que você tem criado com a comida? Ela é saudável (pensando saúde em um contexto mais amplo)? Pense com carinho <3 .

Ahhhh …. a receita abaixo é a que a minha madrinha me deu, com a letra dela e com o nome de quem passou a receita para ela. Afinal, o Biscoito é da Rosinha e merece os créditos! 😀

O modo de preparo é tão simples que nem está na receita rsrs Mas, para não restar dúvidas: bata tudo (menos o trigo) no liquidificador. Misture o líquido com o trigo em uma bacia, amasse e enrole os biscoitos como quiser. Antes de assar, pincele gema batida em cada um. Asse em forno pré-aquecido a 200 graus por aproximadamente 15 minutos ou até dourar (depende do forno).  Dica: o queijo pode ser substituído por 1 pacote de coco ralado sem açúcar. No momento do preparo, o coco deve ser misturado com o trigo na bacia (e não batido no liquidificador com os demais ingredientes).

Se fizer, me conte!

Um abraço e até o próximo post!

Nutrição Acolhedora por Cibelle Magalhães

Você tambem pode gostar

1.744 respostas a “Receita Acolhedora – Biscoitos Caseiros”